Texto Maior
Texto Maior
Texto Maior
Texto Menor
Texto Menor
Texto Normal
Texto Normal
Contraste
Contraste
Libras
Libras
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Acesso à informação
Acesso à informação

Lindoia, domingo, 03 de julho de 2022 Telefone (19) 3898-9900

Atendimento Atendimento: De Segunda a Sexta das 8:00 às 17:00 Horas

Sáb
02/07
Predomínio de Sol
Máx 28 °C
Min 13 °C
Índice UV
5.0
Domi
03/07
Predomínio de Sol
Máx 28 °C
Min 14 °C
Índice UV
5.0
Segu
04/07
Predomínio de Sol
Máx 26 °C
Min 11 °C
Índice UV
5.0
Terç
05/07
Predomínio de Sol
Máx 25 °C
Min 10 °C
Índice UV
5.0

Meio Ambiente e Agricultura - Terça-feira, 03 de Maio de 2022

Buscar Notícia

Notícias por Categoria

VACINAÇÃO CONTRA BRUCELOSE ENTRA NA RETA FINAL.

Produtores rurais devem estar atentos ao prazo que termina em 31 de maio.


VACINAÇÃO CONTRA BRUCELOSE ENTRA NA RETA FINAL.

A vacinação contra Brucelose está em andamento no Estado de São Paulo e os produtores rurais têm até o próximo dia 31 de maio para vacinar todas as fêmeas bovinas e bubalinas com idade entre 3 e 8 meses. A declaração da vacina tem prazo de encerramento em 7 de junho no sistema de Gestão de Defesa Animal e Vegetal (Gedave), da Coordenadoria de Defesa Agropecuária, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.

 

A Brucelose bovina é uma doença que se caracteriza por afecções endêmicas como abortamento no terço final de gestação e é uma doença de notificação obrigatória ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e também para a Organização Mundial da Saúde Animal (OIE). Sua incidência causa prejuízos econômicos e depreciação do valor social da propriedade foco da doença devido à diminuição da produção de carne e leite, do aumento do intervalo entre partos e da queda da taxa de natalidade da espécie.

 

A vacinação obrigatória contra a Brucelose é administrada em uma única dose nas fêmeas e não precisa ser ministrada novamente no decorrer da vida útil do animal. Aos machos, por sua vez, não é permitida a vacinação.

 

O calendário estabelecido no Estado pela Secretaria visa facilitar a organização do produtor rural. O prazo final para declarar as vacinações, tanto da brucelose como da febre aftosa, é o dia 7 de junho. O prazo para apresentar o certificado de vacinação nos laticínios e outros estabelecimentos de processamento de leite encerra-se na mesma data.

 

Para manter e preservar o rebanho, a Defesa Agropecuária tem foco na obrigatoriedade da vacinação de bovinos com a vacina B19 ou RB51; no abate sanitário ou eutanásia de animais positivados com a doença e na apresentação de atestado negativo durante o transporte de animais destinados à reprodução ou ainda, para participação em feiras e exposições.

 

Por Felipe Nunes

 

https://www.defesa.agricultura.sp.gov.br/noticias/2022/vacinacao-contra-brucelose-entra-na-reta-final,1699.html  

.

.

#prefeituradelindoia

#construindoumanovahistoria

FacebookTwitterWhatsAppImprimir

Voltar para a listagem de notícias

Capital Nacional da Água Mineral

CALENDÁRIO DE EVENTOS

ACOMPANHE-NOS

UNIDADES FISCAIS

Fique por dentro dos índices - ver todas

UFML - 2022

R$ 25,40

Versão do sistema: 2.0.0 - 01/07/2022

Portal atualizado em: 01/07/2022 13:11:41

Prefeitura Municipal de Lindoia - SP.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.